Syngenta mata activistas – Syngenta kills activists

Este fim-de-semana seguranças da Syngenta (a mesma que organizou o “dia de campo” em Silves) assassinaram activistas da Via Campesina que protestavam contra campo de teste de transgénicos.

Artigos de imprensa online.

This weekend security guards from Syngenta (same company as in corn field where MVE action took place) killed activists that were demonstrating against GMO test field.

Press articles online.

Duas pessoas morreram em um conflito ocorrido ontem entre seguranças e trabalhadores rurais na fazenda experimental de soja e milho transgênicos da multinacional Syngenta, em Santa Tereza do Oeste, no interior do Paraná. De acordo com a Agência Brasil, outras pessoas ficaram feridas, algumas em estado grave. A Via Campesina, onde militava uma das vítimas fatais, Valmir Mota, relatou à Agência Brasil que “uma milícia de 40 pistoleiros” atacou o acampamento de sem-terra montado na fazenda experimental. Mota teria sido executado com dois tiros e outros seis sem-terra teriam sido feridos.

This entry was posted in Estrangeiro, Press, english. Bookmark the permalink.

Comments are closed.